Sky Bridge Experience nos “Matsuri”

A Fundação Japão apresenta o Sky Bridge Experience, um encontro entre o Brasil e o Japão através das constelações.

 

O conteúdo do projeto Sky Bridge-Ponte do céu, originalmente desenvolvido para os planetários no Japão, foi convertido especialmente para a plataforma VR (realidade virtual), resultando no Sky Bridge Experience, que proporcionará ao público brasileiro uma experiência única.

Após a estréia em São Paulo em parceria com a UNIBES Cultural , a Fundação Japão leva o Sky Bridge Experience também para os principais festivais de cultura japonesa no Brasil. Iniciou no 23°Festival do Japão em São Paulo, e seguindo para cidades como Maringá, Porto Alegre, Salvador, Recife, Manaus, Belo Horizonte e Rio de Janeiro.

O Sky Bridge-Ponte do céu faz parte de uma série de projetos de arte cênica de cooperação internacional da Fundação Japão. Desenvolvido para os planetários no Japão pela empresa japonesa LIL Visual Art Studio, contou com a participação de músicos e artistas de ambos os países na produção.

“O nome do projeto nasceu primeiro em japonês, com a ideia de um projeto que unisse músicos japoneses e brasileiros, unidos a um tema relacionado com estrelas e a via láctea. Porém, percebemos que iria muito além de um encontro musical, estabelecendo uma ponte cultural entre dois países irmãos, apesar da incrível distância geográfica que nos separa e das diferenças culturais que nos unem”, explica o músico Shen Ribeiro, curador do projeto.

O projeto trata do intercâmbio cultural em sua totalidade, ou seja, artes plásticas, música, poesia e trabalho em conjunto. Neste caso, as relações entre japoneses e brasileiros, juntos, organizando um projeto não só para o Japão e o Brasil, mas para o mundo.

Conforme explica Shen Ribeiro, “Sora no hashi/Ponte do Céu/Sky Bridge se trata de um nome universal para unir os povos de várias nacionalidades neste novo e conturbado momento histórico em que a humanidade está atravessando e que precisa de projetos humanitários como este para um novo futuro. Um tema para ser explorado na sua totalidade de significados: as várias pontes que existem entre países através de elementos da natureza, toda a subjetividade e espiritualidade que a arte pode nos proporcionar”.

O projeto une duas culturas: o dinamismo da linguagem visual de Daisuke Hashimoto, do estúdio japonês LIL Visual Art Studio, e a sensibilidade da artista brasileira Camila Gondo, se encontram com a poesia sonora de músicos brasileiros como Ari Colares, Gabriel Levy, Neymar Dias e Shen Kyomei Ribeiro, e o músico japonês Yohei Kobayashi, entre outros.
A produção foi conduzida no Japão, por Mayumi Otake, da S. C. Alliance.

 

 

1
São Paulo – SP
15 a 17/7/2022
https://www.festivaldojapao.com/

2
Maringá – PR
12 a 14/8/2022
https://www.festivalnipobrasileiro.com.br/

3
Porto Alegre – RS
19 a 21/8/2022
https://festivaldojapaors.com/

4
Salvador – BA
26 a 28/8/2022
http://www.bonodorisalvador.com.br/

5
Curitiba – PR
3 e 4/9/2022
https://www.nikkeicuritiba.com.br/

6
Recife – PE
9 a 11/9/2022
https://recifegeekmatsuri.com.br/

7
Manaus – AM
23 a 25/9/2022
https://junglematsuri.com.br/

8
Belo Horizonte – MG (2023)
Festival do Japão em Minas
(aguarde mais informações)

9
Rio de Janeiro – RJ (2023)
Rio Matsuri
(aguarde mais informações)