Agenda


Oficina de Origami

com a Profª. Mari Kanegae

Publicado por FJSP em Arte e Cultura

Sem comentários

Origami

Exposição “CARNAVAL EM ORIGAMI”

Data: 27 de julho a 10 de agosto de 2010
Segunda a sexta, das 10h às 18h
Sábados, das 10h30 às 13h30 e 14h30 às 18h30
Fecha aos domingos
Entrada gratuita

Oficina de Origami com a Profa. Mari Kanegae

Data: 27, 28 e 29 de julho, das 10h às 12h
Nível básico, duração 2 horas, indicada para participantes a partir de 7 anos de idade.

Necessário fazer inscrição gratuita por telefone ou email (info@fjsp.org.br)

Vagas limitadas

Local: Espaço Cultural Fundação Japão
Av. Paulista 37, 1º andar (próximo ao metrô Brigadeiro)

Informações/inscrições: 11 3141-0110 / 3141-0843

Exposição e oficina de Origami na Fundação Japão!

A Fundação Japão organiza evento gratuito totalmente dedicado ao Origami, a arte tradicional japonesa de dobrar papel, gerando representações de figuras humanas, animais ou objetos, durante os dias 27 de julho até o dia 10 de agosto de 2010.

Nos dias 27, 28 e 29 de julho, acontecem as oficinas de Origami com a Profa. Mari Kanegae, especialista na área. Sempre das 10h às 12h, as oficinas são gratuitas e tem nível básico, com indicação para participantes a partir de 7 anos de idade, necessitando inscrição prévia.

De acordo com Kanegae, a arte do Origami não se restringe apenas à reprodução de formas. O papel ganha vida e movimento através de dobras, simples ou complexas.  É um meio de comunicação e expressão, uma linguagem universal que une diferentes gerações e povos em torno de uma mesma atividade. É uma filosofia de vida, pois tudo que se aplica a técnica pode ser transportada para o nosso dia-a-dia, como a força de vontade, a paciência e a perseverança.

Origami

Foto: Sergio Kitayama

De 27 de julho a 10 de agosto, acontece no Espaço Cultural da Fundação Japão, a exposição “CARNAVAL EM ORIGAMI”, organizada pelo Grupo de Estudos de Origami –  GEO, sob coordenação da professora Kanegae. Trata-se um desfile de escola de samba totalmente produzido com papéis  dobrados, sendo originalmente apresentado nas comemorações do Centenário da Imigração Japonesa no Brasil, em 2008, no Palácio das Convenções do Anhembi, em São Paulo.

Com o tema “Brasil”, o desfile é dividido em regiões norte, nordeste, centro-oeste, sudeste e sul, cada uma representada por alas (por exemplo, ala dos gaúchos, das baianas, etc.).

Origami

Foto: Sergio Kitayama

O projeto teve início há mais de dez anos, sendo que nos últimos anos que antecederam a mostra, os integrantes e colaboradores – cerca de 27, trabalharam todos os dias, utilizando recursos próprios para a concretização do trabalho.

“Conversamos com carnavalescos, pesquisamos aspectos culturais, geográficos, entre outros, para a realização mais ampla desta obra”, afirma a Profa. Mari Kanegae, que inclusive recriou alguns Origamis para obter efeitos ou formas nunca antes empregadas em dobraduras de papel.

Origami

Foto: Sergio Kitayama

 

Perfil

Profa. Mari Kanegae

Nascida em Londrina (PR), graduou-se na Escola de Comunicações e Artes da Universidade de São Paulo, com licenciatura em Educação Artística com habilitação em Artes Plásticas.
Em 1984, foi para o Japão onde aprimorou os seus conhecimentos em relação ao Origami, com o mestre Toyoaki Kawai e conheceu outras técnicas que utilizam o papel como suporte: Kirie, Chiguirie e Paper Kraft, além de conhecer as regiões onde se confeccionam Washi (papel artesanal japonês).
Recebeu orientações dos mestres Toyoaki Kawai, Kunihiko Kasahara e Akira Yoshizawa, no Japão, em 1991 e 1996.

Participou de convenções/festivais nos EUA (Convenção da Origami USA, em NY, em 1997; Southern Origami Festival, na Carolina do Norte, em 1998 e 2000) e nos Japão (Simpósio de Origami da NOA – Nippon Origami Association e Simpósio da JOAS (Origami Tanteidan), ambos em 2000).
Em 2002, voltou ao Japão como estagiária da JICA, onde participou de aulas com os mestres Akira Yoshizawa, Saburo Kase, Toyoaki Kawai, Isamu Asahi, com os historiadores Satoshi Takagi e Masao Okamura, entre outros.
Co-autora dos livros “Brincando com Papel” junto com Alice Haga e publicado pela Editora Global, “Origami, Arte e Técnica da Dobradura de Papel” com Paulo Imamura e organizadora do livro “A Arte dos Mestres de Origami”, ambos publicados pela Aliança Cultural Brasil Japão.

 

Grupo de Estudos de Origami (GEO)

Criado em julho/92 em São Paulo, tem como objetivo pesquisar e divulgar a arte do Origami dentro de padrões criteriosos a fim de não ferir a filosofia desta arte e os ideais do grupo. Tem coordenação de Mari Kanegae.

Em comemoração aos Cem anos de Tratado de Amizade entre o Brasil e o Japão, o GEO iniciou, em 1994, o projeto para a exposição “A Imigração Japonesa no Brasil” que conta um pouco da história dos imigrantes e algumas de suas influências na sociedade brasileira, utilizando-se dos recursos inesgotáveis do Origami.

O trabalho foi exposto pela primeira vez no Museu da Imagem e do Som (MIS), em 1996, percorrendo várias cidades do Brasil, quando finalmente foi para o Japão em 2001, onde foi exposto em Hamamatsu e na Embaixada Brasileira em Tokyo, sendo doado posteriormente para o Japanese Overseas Migration Museum em Yokohama. O grupo também montou a exposição chamada “5 séculos de História do Brasil”.


Serviço

Exposição “CARNAVAL EM ORIGAMI”

Data: 27 de julho a 10 de agosto de 2010
Segunda a sexta, das 10h às 18h
Sábados, das 10h30 às 13h30 e 14h30 às 18h30
Fecha aos domingos
Entrada gratuita

Oficina de Origami com a Profa. Mari Kanegae

Data: 27, 28 e 29 de julho, das 10h às 12h
Nível básico, duração 2 horas, indicada para participantes a partir de 7 anos de idade.

Necessário fazer inscrição gratuita por telefone ou email (info@fjsp.org.br)

Vagas limitadas

Local: Espaço Cultural Fundação Japão
Av. Paulista 37, 1º andar (próximo ao metrô Brigadeiro)

Informações/inscrições: 11 3141-0110 / 3141-0843


Deixe uma resposta


Seu e-mail não será publicado. Seu comentário poderá ser moderado.